Sigam-me!

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Administração de Recursos Humanos como estratégia competitiva.

Esta matéria tem o objetivo de investigar sob que aspectos a Administração de Recursos Humanos (ARH) pode respaldar as estratégias competitivas das Organizações, em todos os níveis. Como métodos podemos definir os principais pressupostos teóricos da ARH, apresentando-se um conceito geral acerca da mesma; observar em que medida se estabelece um sistema de retroalimentação entre ARH e Administração Estratégica da competitividade, otimizando a gestão global de uma organização.
A Administração de Recursos Humanos (ARH) como estratégia competitiva, parte-se da hipótese que a ARH eficaz pode subsidiar uma administração estratégica com vistas à vantagem competitiva.
Sabendo-se que a meta precípua da ARH implica em conquistar e manter pessoas talentosas em uma dada Organização, indivíduos que trabalhem e estejam comprometidos com a missão dessa empresa, procura-se analisar como os fatores relativos à ARH podem influenciar a vantagem competitiva.
O objetivo geral é sob que aspectos a ARH pode respaldar as estratégias competitivas das Organizações, em todos os níveis. Como objetivos primários, são elencados: definir os principais pressupostos teóricos da ARH, apresentando-se um conceito geral acerca da mesma; observar em que medida se estabelece um sistema de retroalimentação entre ARH e gestão estratégica da competitividade, otimizando a gestão global de uma dada Organização.
Oliveira e Oliveira (2011) apontam que a ARH deve visualizar as vertentes globais da administração, não focando somente seus próprios determinantes, e, também, deve focalizar o longo prazo, no que tange aos processos decisórios. Isto é, todas as funções da ARH devem estar em consonância com a estratégia competitiva global da empresa, ocasionando uma relação de interdependência dinâmica.
Nessa mesma direção, Chiavenato (2002) especifica que ARH assumiu definitivamente sua vocação de diferencial competitivo, ou seja, pessoas bem administradas configuram a obtenção de vantagem competitiva por parte das empresas, são vetores de competitividade.
A Administração de Recursos Humanos possui grande importância para o êxito da atividade empresarial, assim como a gestão estratégica tem sido apontada como um diferencial para alcançar metas organizacionais. Ainda, a gestão de recursos humanos vem passando por significativas transformações nas últimas décadas, devido ao fato de as empresas necessitarem ampliar a capacidade competitiva, visando a permanência no mercado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OPINE!